São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Automobilismo 10/11/2020

GP de Fórmula 1 em Interlagos está em calendário 2021, mas ainda falta contrato

Por Esportividade

Pilotos contornam Bico de Pato (Beto Issa/GP Brasil de F1)

Observação (feita às 15h49 de 12 de novembro): o prefeito Bruno Covas disse que o contrato será renovado: GP do Brasil de Fórmula 1 vira GP São Paulo e fica no calendário até 2025.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 no autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, é uma das 23 etapas do calendário provisório de 2021 da categoria divulgado nesta terça-feira, 10 de novembro de 2020. A renovação do contrato do GP ainda não foi assinada e, por isso, a realização do evento ainda não está totalmente confirmada.

Por causa da pandemia de covid-19, a Fórmula 1 preferiu não vir ao continente americano em 2020, e o GP do Brasil foi cancelado, interrompendo uma sequência iniciada nos anos 1970 – desde 1972 equipes da Fórmula 1 vinham ao país, e a primeira prova oficial foi disputada no ano seguinte. Interlagos recebeu-a de forma ininterrupta de 1990 a 2019.

A etapa de 2021 está prevista para 14 de novembro, um dia antes do feriado nacional de Proclamação da República, uma ótima notícia para os torcedores que moram em outras partes do país e planejam viajar a São Paulo. Trata-se da antepenúltima etapa do campeonato.

Só que tudo depende de um entendimento entre as três partes: a Liberty Media, detentora dos direitos comerciais da Fórmula 1, a Prefeitura de São Paulo, dona do autódromo, e as empresas promotoras locais. A grande discussão é a taxa a ser paga, da qual os brasileiros eram isentos até 2020 – devido a um acerto com Bernie Ecclestone, que vendeu sua parte da categoria há quatro anos.

A Fórmula 1 voltar Rio de Janeiro é um desejo da Liberty Media, mas o autódromo, cuja construção ainda não foi iniciada, em Deodoro enfrenta uma série de entraves, inclusive ambientais. A Rio Motorsports é a empresa por trás de um GP carioca.

Deixe seu comentário