São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Vôlei 14/01/2015

Possível disputa de Osasco x Rio é atração do Sul-Americano em Osasco

Por Esportividade
Molico/Osasco x Unilever no José Liberatti (João Pires/FotoJump/Divulgação)

Molico/Osasco x Unilever no José Liberatti (João Pires/FotoJump/Divulgação)

As duas principais equipe femininas de vôlei do Brasil, Molico/Osasco e Rexona-Ades, disputarão o mesmo campeonato, o Sul-Americano de clubes, e poderão se enfrentar no José Liberatti, em Osasco, de 4 a 8 de fevereiro de 2015. Nas mais recentes temporadas, o ginásio osasquense não recebeu duelos eliminatórios entre Rio e Osasco, uma vez que tradicionalmente os times se encontram apenas na primeira fase e em decisões de Superliga e, desde a introdução da final em partida única, na temporada 2007/2008, estas têm sido jogadas em ginásios maiores, como o Maracanãzinho e o Ibirapuera.

Por nove vezes consecutivas a final da Superliga feminina foi entre Osasco e Rio, e a equipe carioca levou a melhor em seis delas. E essa sequência foi quebrada em 2014, quando o Sesi-SP bateu as osasquenses e foi para a decisão, em que foi derrotado pelas cariocas.

Na edição anterior do Sul-Americano, disputada também em Osasco, o Sesi-SP foi o protagonista: derrotou as donas da casa e calou a torcida. Apesar de não ter sido o campeão, o Molico também foi ao Mundial de clubes – e até chegou à final, diferentemente do Sesi – por ter recebido convite para isso.

Em 2015, sete equipes já estão confirmadas: o Molico/Osasco, por ser da cidade-sede, o campeão da Superliga feminina 2013/2014, o Rexona-Ades, as bolivianas do San Francisco Xavier, as chilenas do Club Boston College, as peruanas do San Martín de Porres, as uruguaias do Club Atlético Bohemios, as venezuelanas do Aragua Voleibol Club e as argentinas do Villa Dora.

No dia 3 de fevereiro será realizado o congresso técnico do Sul-Americano. Os jogos vão começar no dia 4 (quarta-feira), às 13h, no Liberatti. Serão disputadas 12 partidas na primeira fase da competição. O público assistirá gratuitamente aos jogos.

Osasco recebeu o Sul-Americano também em 2011 e 2012, e nesses anos o time da casa foi o campeão, superando Universidad Católica e Boca Juniors.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.