São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Futebol 30/05/2014

Vice-prefeita explica os ajustes feitos para último evento-teste no Itaquerão

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Arena Corinthians (Vinicius Fonseca/Comitê Paulista)

Arena Corinthians (Vinicius Fonseca/Comitê Paulista)

A vice-prefeita de São Paulo e coordenadora do SPCopa (Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de futebol de 2014), Nádia Campeão, disse terem sido feitos ajustes operacionais, e não mudanças drásticas, para o jogo deste domingo entre Corinthians e Botafogo na Arena Corinthians, o segundo e último jogo oficial no local antes de Brasil x Croácia, jogo de abertura da Copa do Mundo. Em entrevista exclusiva ao Esportividade, Nádia mostrou-se segura de que, embora a arquibancada provisória do setor norte ainda não tenha sido liberada, testes técnicos, sem a presença de público, são suficientes para que receba espectadores no Mundial.

Uma diferença neste 1º de junho será a orientação dada aos espectadores no entorno do Itaquerão. Há uma recomendação de que portadores de ingressos em que consta entrada pelo lado oeste desembarquem na estação Artur Alvim do Metrô e os detentores de bilhetes em que está informada entrada leste desçam na Corinthians-Itaquera, preferencialmente depois de uso do Expresso da Copa da CPTM, que sai da Luz e vai diretamente à estação da zona leste. Entretanto, nem todos aderem a essa lógica. “No primeiro jogo-teste, as pessoas ‘corrigiram a rota’ por fora, o que conflita com as vias em que, na Copa, transitarão carros de serviço. Agora, todo mundo que tiver de fazer o acerto de entrada o fará por dentro do estádio”, afirmou Nádia.

Também serão mais bem orientados os motoristas do serviço Atende, para pessoas com necessidades especiais, que saem da Corinthians-Itaquera em direção ao Itaquerão. “Posicionamos melhor os carros do Atende e definimos melhor o roteiro que eles fazem para chegar mais rapidamente ao estádio”, contou a vice-prefeita.

Nádia explicou que a ideia do Expresso da Copa nem é tanto deixar a viagem mais rápida, mas sim motivar as pessoas a usar os trens da CPTM, pois, em geral, a primeira opção delas seriam os do Metrô. A intenção é que haja uma divisão de público para melhor operação do sistema. A linha do Expresso da Copa, a 11-Coral, naturalmente já é quase expressa até Corinthians-Itaquera, a terceira estação para quem sai da Luz. Serão 19 minutos de viagem sem as duas paradas. De acordo com Nádia, houve espectadores de Corinthians x Figueirense que optaram por deixar automóvel em estacionamento da Radial Leste e entrar em alguma estação da Linha 3-Vermelha do Metrô.

A vice-prefeita considera positivos os testes. “Temos segurança de que, com os eventos passados e mais o deste domingo, praticamente todas as áreas do estádio terão sido testadas com bom público. No caso das duas arquibancadas temporárias, os testes válidos de carga e segurança não são feitos com a presença de pessoas, mas sim são testes mecânicos, e ainda precisam sair os laudos. O Corpo de Bombeiros vai esperar o laudo de uma das arquibancadas [norte]. Mas isso em nada compromete o segundo jogo-teste e as partidas da Copa”.

A coordenadora do SPCopa disse existir algo que não se pode simular com jogos do Campeonato Brasileiro: “O que esteve em discussão neste segundo jogo-teste é que não é a mesma coisa você fazer um jogo com capacidade de 50 ou 60 mil pessoas do Campeonato Brasileiro e um jogo de Copa do Mundo, cujo público é outro. O que a Polícia Miliar ponderou nesse tempo todo é que, como se trata de um jogo entre clubes, deveríamos buscar manter o público de 40 mil, pois você precisa ter um espaço maior de separação entre torcidas”.

Os serviços de alimentação, segundo a vice-prefeita, já serão os da Copa do Mundo neste domingo, o que representará mais um teste.

Para que Corinthians x Botafogo pudesse ocorrer em 1º de junho de 2014, domingo, na Arena Corinthians, foi necessária uma inversão de mando de campo, pois tal partida, de acordo com a tabela original do Campeonato Brasileiro, deveria acontecer com o clube carioca como mandante.

Leia também:
‘Possíveis transtornos’ fazem 2º jogo-teste do Itaquerão mudar para 01/06
Arquiteto do Itaquerão usa bom humor ao falar sobre intolerância ao verde

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.